Lei que obriga a instalação de placas em braille em veículos completa 7 anos.

A lei 13.147/2009 que obrigada taxis, ônibus e veículos de aluguel a colocarem no interior  dos veículos placas em braille com a identificação do mesmo está em vigor há quinze anos em Curitiba. A iniciativa partiu do vereador Felipe Braga Côrtes após solicitação do presidente da Associação dos Deficientes Visuais do Paraná (Adevipar), José Juarez Martins.

O objetivo da lei é facilitar a identificação do veículo por deficientes visuais e assim possibilitar o passageiro a verificar quem o está conduzindo em caso de problemas. As placas de identificação são afixadas em locais acessíveis ao toque do passageiro com deficiência visual, na parte da frente e traseira do veículo.

Ao justificar a importância da iniciativa, Felipe citou casos em que passageiros tiveram valores diferentes cobrados pelo mesmo trecho, em corridas anteriores. Disse, ainda, que o uso de táxis por deficientes visuais aumentou consideravelmente e as chances destas pessoas esquecerem algo nos veículos também.

“Precisamos dar a condição para que todo o cidadão possa fazer valer seus direitos e recorrer para não só reclamar de algum serviço, como a buscar contato para qualquer tipo de informação pós a utilização do serviço”, explica o parlamentar.