120 anos do Colégio Bom Jesus são celebrados em sessão solene

As palavras mais lembradas durante a solenidade alusiva às comemorações dos 120 anos do Colégio Bom Jesus, nesta terça-feira (21), na Câmara Municipal de Curitiba, foram “virtudes” e “valores”. Numa cerimônia simples e discreta, “digna de franciscanos”, os vereadores Felipe Braga Côrtes (PSD) e Paulo Salamuni (PV) entregaram diploma de Votos de Congratulações e Aplausos pela celebração dos 120 anos da instituição (077.00241.2016).

Fundado em 11 de maio de 1896, o Bom Jesus foi o primeiro colégio católico de Curitiba e, atualmente, possui 34 unidades próprias de ensino, nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.  No início, era um pequeno colégio, com pouco mais de 100 alunos. Pela administração dos religiosos da Ordem dos Frades Menores, conhecidos comumente como Franciscanos, a instituição cresceu e hoje atende mais de 24 mil estudantes, da Educação Infantil ao Ensino Médio.

“Nada foi em vão. Conquistamos a confiança da sociedade pela nossa proposta. O que permitiu a expansão da nossa atuação”, disse o presidente do Grupo Educacional Bom Jesus, Frei João Mannes, agradecendo a homenagem dos vereadores. Segundo o frei, essa confiança aumenta a responsabilidade da instituição continuar essa história. E, firmando a preocupação do ensino voltado à construção do cidadão consciente do papel que exerce na sociedade, o diretor-geral do grupo, Jorge Apóstolos Siarcos, relatou brevemente a trajetória da educação Franciscana em Curitiba e da satisfação em serem recebidos na Câmara de Vereadores.

“É uma honra estarmos aqui nesta Casa, que contribuiu e ainda tem muito a contribuir para a formação da cidade em que o Bom Jesus faz parte”, agradeceu Siarcos. Nas boas vindas, o vereador Paulo Salamuni enfatizou a posição de vanguarda do Colégio Bom Jesus no ensino Confessional Brasileiro e os valores humanos que os princípios franciscanos despertam nas crianças, adolescentes e jovens para que sejam agentes transformadores da sociedade.

“Se a gratidão é uma das maiores virtudes do ser humano, a cidade de Curitiba, por intermédio dos seus representantes, vem externar nesta Tribuna o agradecimento à Ordem dos Frades Menores pelos 120 anos formando a pessoa integral, cujos princípios são inegociáveis”, disse Salamuni.

No encerramento da solenidade, o vereador Felipe Braga Côrtes, que presidiu a sessão, lamentou a atual situação política brasileira e disse que a educação é fundamental para se alcançar o ideal esperado de representantes dignos para a sociedade. “Vivemos uma crise ética e política que traz consequências a curto prazo, extremamente difíceis para a formação de cidadãos. E a cada dia se torna mais necessário o ensino da importância do voto e de se formar futuros bons políticos”, disse.

Braga Côrtes convidou o Colégio Bom Jesus a trazer os alunos para conhecer a estrutura e funcionamento da Câmara. Estiveram presentes na homenagem colaboradores, ex-funcionários e professores do Colégio Bom Jesus, além do representante jesuíta, Gilberto Vieira, e Ademar Pereira, vice-presidente da Federação Nacional das Escolas Particulares

Fonte: Câmara Municipal de Curitiba